sexta-feira, 22 de maio de 2009

ADOLESCÊNCIA E PREGUIÇA


Por que tantos adolescentes têm preguiça na escola?
Uma das possíveis causas está na desmotivação em estudar. Eles perdem o interesse em aprender porque não foram motivados para isso. Às vezes, há uma inadequação de propostas e projetos pedagógicos para a faixa etária do pré-adolescente. Quando a escola cria boas condições de ensino e aprendizagem, os alunos geralmente participam das atividades propostas em sala de aula.
A desmotivação pode ficar mais evidente quando o professor, em vez de propor um desafio a seus alunos – uma proposta mobilizadora e dinâmica –, cria obstáculos, inibindo ou bloqueando o adolescente. Como exemplo, uma criança que nunca brincou/montou um quebra-cabeça, ao deparar-se com um jogo onde o grau de dificuldades seja maior , vai se sentir desmotivado e com preguiça .

O ensino rotineiro e burocrático prejudica o interesse do aluno pelo estudo causando a preguiça. Os alunos se sentem anestesiados para aprender porque os próprios professores estão anestesiados para ensinar. É importante que o aluno tenha consciência e controle sobre o que aprendeu. o ter a consciência do conhecimento é não ser sujeito do aprendizado, mas apenas um objeto de depósito de informações, de imposições e não de proposições. Dessa forma, os alunos se tornam passivos, desmotivados, desinteressados e preguiçosos.

Mas o problema não está apenas na escola. Em casa, muitos adolescentes têm preguiça para organizar sua vida pessoal e ajudar os pais nas tarefas domésticas. A casa fica uma bagunça: roupas espalhadas pelo quarto, toalha de banho molhada em cima da cama, tênis jogados no meio da sala. De onde vem tanta preguiça? A psicóloga Fernanda Prado, explica que a preguiça do pré-adolescente pode ser causada por mudanças psicológicas e corporais. 'Eles parecem que estão em uma fase de luto por representar a perda da infância', diz Fernanda. Ela ainda completa: 'A cabeça do adolescente está ligada a milhões de assuntos, menos aos estudos. Há o interesse pelo novo: as paqueras, os passeios, os shows, os amigos. Porém há o medo de crescer', fala a psicóloga. As mudanças do corpo na adolescência também causam preguiça. Geralmente eles ficam com mais sono. Por isso é comum a dificuldade em acordar cedo todos os dias.

Ao longo da vida, mudanças hormonais alteram nosso sistema interno, e os ponteiros do corpo passam a não bater em compasso com os do relógio de parede. Na infância, os ritmos biológicos tendem a se adiantar. Por isso, as crianças acordam os pais antes mesmo de o sol aparecer. Na adolescência ocorre o contrário: os jovens só sentem sono tarde da noite. Então, sofrem para sair da cama pela manhã. O problema é que, geralmente, as aulas nessa faixa etária são logo cedo, num horário em que o corpo preferiria estar dormindo. O resultado dessas noites maldormidas são alterações de humor, dificuldade de atenção e problemas para absorver o que foi ensinado na sala de aula..


PROPOR AOS FILHOS UMA ROTINA DE ATIVIDADES, COMO HORÁRIOS PARA REALIZAR TAREFAS/ ESTUDOS ESCOLARES E TAREFAS DOMÉSTICAS, PODEM EVITAR A PREGUIÇA, ASSIM COMO PRATICAR ATIVIDADES PRAZEROSAS COMO ESPORTE E ARTES.

(abordarei esse assunto na minha próxima postagem)



fonte:Igeducação

Um comentário:

Sônia disse...

Gostei muito da matéria, me esclareceu muito neste momento de conflito com meu filho adolescente.
Obrigada